Retrospectiva 1 ano da Anna – Ultima parte!

E a partir daquele 10 de dezembro de 2010 eu me tornei outra pessoa.
Uma pessoa melhor, mais completa, mais feliz.

A gente sempre ouve que ser mãe modifica uma mulher, mas só toma a dimensão exata dessa mudança toda qdo se torna uma!

Os meus primeiros 3 meses na condição de mãe,não foram fáceis.
Como todo mundo trabalhava (mãe e sogra) eu tive q me virar sozinha praticamente desde a saída da maternidade. Não foi fácil. A adaptação não foi fácil.
Chorei MUITO, me desesperei, me senti triste algumas vezes e com isso, culpada.
Errei inumeras vezes com a Anna mas isso foi essencial pro meu crescimento como mãe! Errei, aprendi, refiz e enfim, acertei! 
Faço isso até hj! Erro MUITO. Graças a Deus.
Depois q se passaram os 3 meses, as coisas começaram a melhorar!
Anna mamou no peito até os 4 meses exclusivamente e com 5 largou o peito por conta da minha volta ao trabalho!
Voltei a trabalhar, parei de trabalhar.
Anna engatinhou com 8 meses.
Ficou de pé se apoiando aos 7.
Sentou sem apoio com 6.
Comeu sua primeira frutinha com 5 e primeira papinha com 6.
Já experimentou sorvete, chocolate, pastel, coxinha, bala e pirulito.
Com quase 8 meses nasceu o primeiro dentinho e foi justamente no mesmo dia q ela teve sua primeira febrona alta e sua primeira “doencinha”: roseola.
Ainda não anda. Não tenho pressa.
Anna nesse 1 ano de vida ficou gripadinha apenas 2 vezes. As duas ela não teve febre, apenas gripe mesmo.
Febre 3 vezes.
Na primeira dose da tetravalente, na segunda dose da tetravalente e qdo teve roseola, graças a Deus foi só!
Anna tem muitas amiguinhas da idade dela e isso fez com q a mamãe aqui tb fizesse muitas amizades. Sou grata a ela tb por isso!
Se nao fosse a Anna eu não teria tido a oportunidade de conhecer TANTA amiga q hj eu considero como como irmã!


Em um ano:

Aprendi…

a dormir menos, a dormir mal, a não dormir.
a comer menos, a comer mal, a comer rápido, a não comer.
a segurar o xixi pq o bebe estava mamando bem na hora do aperto.
a segurar o coco,pq enfim, não dava tempo de correr pro banheiro mesmo!
a tomar banhos relampagos, com direito a não lavagem do cabelo por o q? 8 dias!
a esquecer de escovar os dentes.

Aprendi a escutar horas de choro e me manter calma.
Aprendi a me manter calma em outros tantos momentos, e me desesperar sozinha em outros tantos tb!

Descobri tb o q é o desespero de ver o termometro subir e passar a marca dos 39 graus!
Descobri como um bebe consegue chorar muito qdo esta com fome.
Descobri q uma vacina dói muito mais em mim do q nela!

Em um ano aprendi a abrir mão de mim,por ela.
Deixar de fazer qlq coisa primeiro, pra poder fazer pra ela.

Aprendi e entendi o verdadeiro significado da palavra AMOR e todas as suas amplitudes.
Amor, dor, medo.
Aprendi a sentir culpa, a me culpar por algo em q NADA eu poderia mudar!
Mas a culpa me acompanha.

Entendi o q é tentar proteger uma pessoa de qlq coisa ruim, o tempo todo, mesmo q pra isso eu tivesse q me expor ao perigo!

Descobri q coisas fogem do nosso controle,mesmo qdo a gente acha q está no controle de tudo!
Aprendi q ter rotina pra tudo nem sempre é a solução!
Aprendi q nem sempre tem como se ter uma rotina.
Aprendi a amar a rotina!

Aprendi q crianças são imprevisíveis.

Aprendi músiquinhas infantis, programas infantis e aprendi que cantar e dançar junto traz felicidade pra ambas as partes!

Aprendi a fazer sopinha, descascar frutas sem desperdícios, a experimentar antes de dar a ela.
Aprendi q um abraço forte dado na hr certa, acalma qlq dor.

Descobri q o melhor beijo do mundo, é dado assim,espontaneamente e de um jeito meio desengonçado!
Aprendi a chorar de emoção só de ouvir um pequeno balbúcio.


Aprendi a sair de casa e levar mais coisas q o necessário.
Aprendi q a teoria em nada se parece com a prática e q conselhos a gente ouve, palpites a gente deleta.


Me vi chorando sozinha.
De amor, de medo, de solidão.
Me vi valorizando um segundo.
Me olhei no espelho e me enxerguei uma outra mulher!


Meu corpo já não é mais o mesmo.
Aprendi a não me importar mais com isso. Se engordei, compro roupas maiores e sou feliz!
Fiz isso por ela!


Aliás, aprendi uma outra maneira de ser feliz.
A única q não me pede nada em troca.
A única forma de felicidade onde se é feliz e ponto.


Descobri dentro do meu coração o maior amor q eu já vivi nessa vida.
Descobri. Aprendi. Entendi.


MUDEI.
RENASCI.


Esses 12 meses foram os mais lindos e felizes de toda a minha vida!!!!!


Te amo. Te amo. Te amo. Te amo!
Minha Pepela, Lala, Nalá, Anninha, Annusca, Laudislene, Laulau, Larusca…
Posso te chamar cada hora de uma maneira, até te confundir por isso…mas uma maneira vc entende e sabe MUITO bem o significado…

MINHA FILHA!


Amanhã éo seu aniversário. O primeiro de muitos.
Papai e mamãe morrem de orgulho de vc.
Obrigada por nos escolher!!!!!!!!!!!!!
Nós te amamos!

(a ordem das fotos está cronológica…desde a gravidez até os 11 mesesda pequena!)




Tem como não ser COMPLETAMENTE apaixonada???





15 Comentários

  1. Bruna says:

    Precisava me fazer chorar desse jeito?
    Obrigada Than por me deixar assistir e participar por breves momentos, dessa história linda…
    Me deu uma renovada seu post, estou mais leve, mais feliz, mais apaixonada pelo meu Pedro (ontem foi um dia daqueles chatos sabe rs)
    beijos
    Parabens Anna linda
    Bru e Pedro

  2. Vovó apaixonada says:

    Anna, a vovó te ama de paixão. Lendo o que a mamãe Thania escreveu, lágrimas de emoção rolaram pelo meu rosto… Digo e repito… Como é bom ser vovó….ou melhor, como é bom ser SUA VOVÓ…Beijos, beijos, beijos

  3. Mãe de três says:

    Parabéns fofucha, linda, eu já sou uma fã de carteirinha da Anna ela é simplesmente uma fofura, muito lindo o que vc escreveu , concordo ser mãe é aprender, aprender, e aprender mais um pouco, Bjks e bom fim de semana, e que venha a festa.

  4. Rose says:

    Amei….fiquei emocionada…e o final do post…as fotos…mostrando q a responsavel por todo esse amor sentindo por vc…esta ai… linda…saudavel e sorridente…é de fato a maior das recomepensas!
    Parabens mamae, Anna é linda!

    Bjusss

  5. Rebeca says:

    Anna princesa, a titia virtual aqui tem muito orgulho de fazer parte dessa trajetória!
    Parabéns pelo seu primeiro aniversário! Que vc seja sempre feliz, amada, cheia de vida, de amigos, de amor…
    Eu e o Rafa amamos vc e sua família linda!

    Beijos

Deixe uma resposta