…mas eu me mordo de ciúme…

Michele, sem querer te plagear…rs….
Mas hj eu vou falar de um tema q eu acabei descobrindo mais q aflorado dentro de mim. CIUME. Ciume da Anna Laura.
Eu sempre fui uma pessoa q abominou esse sentimento. Ciume pra mim, sempre foi sentimento dos fracos, dos inseguros. Não q eu não seja insegura ou fraca vez ou outra, mas ciúme eu nunca senti.
Aliás, o fato de eu não sentir ciume do meu marido, mesmo qdo na condição de namorado, sempre causou pra ele uma certa desconfiança no amor q eu sinto por ele. (eu sei q ciume nada tem a ver com amor, NADA!)…
Mas eu nunca senti. Ja senti sim algo muito parecido com ciume, claro. Sou ser humano e passo longe de ser uma pessoa insensivel. Mas o q eu já senti, ao contrario de muito ciume por ai, me impulsionou pra cima, me fazia bem. Nunca soube o q era ciume daqueles do tipo doentio.
Daí minha filha nasceu pra quebrar alguns paradigmas na minha vida, e um deles foi quebrar essa barreira q existia entre eu e o ciume.
Passei a entender perfeitamente o q é ciume!
Passei a entender o quão agoniante é sentir isso.
Pode parecer exagero, frescura, sei lá, mas me dá um frio na espinha ver a Anna no colo alheio. Não, não, eu não ligo. Não tenho medo nem nada disso, mas até eu descobrir q o q eu sinto é ciume, demorou! Alias, acho q não demorou pra eu descobrir q era ciume, mas sim demorou pra eu aceitar q aquilo era ciume, na sua plenitude!
Eu não ligo qdo as pessoas pedem pra pegá-la no colo (sim, muita gente pede mesmo!), eu deixo, e ta tudo bem, mas meu coração se despedaça! Me dá uma vontade de gritar ´hei, a filha é minha, me devolve já!´…mas eu não posso mesmo! Ficaria feio e outra, isso não combina comigo. Então eu engulo seco e curto a Anna passando de mão em mão numa boa! Mesmo! Sem crise!
Lóóóógico, deixando bem claro que esse ciume não se aplica à algumas pessoas, óbvio!
Marido, mãe, sogra, irmãs não entram nesse sentimento!

Mas eu sinto ciume da minha filha. Ainda não sei se isso é bom ou ruim. Eu nunca aceitei muito bem o sentimento ciume. Sempre achei ele destrutivo, triste, etc e tal. Claro q o ciume q eu sinto da Anna não é ruim e nem me traz nenhum malefício, a não ser a agonia de ve-la nos braços (e feliz!) de outra pessoa, mas é ciume e ponto final!

Na vdd, o q mais me enlouquece nisso tudo, é bem o q eu escrevi agora, ve-la FELIZ e calminha no colo dos outros me deixa pensativa, chateada as vezes!
Ela adora as pessoas. Ela vai no colo de todo mundo sem chorar e muitas vezes, está chorando no meu colo e é justamente no colo alheio q ela acalma incrivelmente. Isso me faz ficar com a pulga atras da orelha! Começo a pensar e repensar em varios fatores e chego a conclusão q eu MORRO de ciume qdo isso acontece!

Ciúme

Titãs

Eu quero levar
Uma vida moderninha
Deixar minha menininha
Sair sozinha
Não ser machista
E não bancar o possessivo
Ser mais seguro
E não ser tão impulsivo…
Mas eu me mordo de ciúme
Mas eu me mordo de ciúme…
Meu bem me deixa
Sempre muito à vontade
Ela me diz que é muito bom
Ter liberdade
E que não há mal nenhum
Em ter outra amizade
E que brigar por isso
É muita crueldade…
Mas eu me mordo de ciúme
Mas eu me mordo de ciúme
Mas eu me mordo de ciúme
Mas eu me mordo de ciúme…
Meu bem me deixa
Sempre muito à vontade
Ela me diz que é muito bom
Ter liberdade
E que não há mal nenhum
Em ter outra amizade
E que brigar por isso
É muita crueldade
Hiê! Hiê! Hiê!…

Mas eu me mordo de ciúme
Mas eu me mordo de ciúme
Mas eu me mordo de ciúme
Mas eu me mordo de ciúme
Eu me mordo de ciúme
Mas eu me mordo de ciúme
Mas eu me mordo de ciúme
Mas eu me mordo de ciúme
Mas eu me mordo de ciúme
Mas eu me mordo de ciúme
Mas eu me mordo de ciúme…

Mas eu descobri e aceitei q ciúme é igual à amor.
Qdo se ama, se sente ciúme. Natural.
Me fez entender tb q inúmeras vezes eu tb senti ciúme do meu marido, mas nunca assumi ou demonstrei por medo de parecer fraca. Mas sim, eu já senti!
Não sou e nunca serei uma mãe possessiva e sufocante.
Mas adimito q terei q trabalhar muito isso em mim pra q isso não aconteça!

Beijos da mãe ciumenta mais apaixonada q existe!

hahaha

Ótimo feriado às paulistanas como eu! :)



12 Comentários

  1. Mamãe Jú says:

    oi amada…
    nossa… sabe que eu me imaginava uma mae possessiva e ciumenta… algo que nao aconteceu…
    Amanda tb nao ia pra qualquer colo e ficava feliz… e isso com certeza me deixava feliz… ve-la retornar aos meus braços e sorrir… kkkk

    Mas amiga, o que sentes é normal…
    Ainda mais tão pequena…

    Pior sera quando ela acordar e pedir ( chamar ) por outra pessoa… ai sim o ciume pega pesado.
    Bjos nas duas.

  2. aninha says:

    Ola flor!
    Esse sentimento concerteza eu teri qdo tiver um filho pq eu sou mega ciumenta até com amigos… sou mto insegura e o medo de perder, me deixa meio neurotica …
    Mais esse sentimento é perfeitamente compreensivel!!!!
    bjO
    e da um beijo na anna por mim!

  3. Vivia says:

    Sabe o que eu mais admiro em você? Sua capacidade e coragem de admitir aqueles sentimentos que a gente muitas vezes despreza!
    Eu sou ciumenta. Isso é fato. Acho que me comportaria e sentiria exatamente o que você sente. Afinal de contas, não estamos falando de qualquer uma, mas da sua filha, da pessoa que mais ama nesse mundo e para quem você mais se doa. Totalmente compreensível…

    Mais um fato daqueles para morder a língua né? Hehehe… Mãe é assim mesmo!

    Beijos, querida!!!

  4. Angel says:

    Ai…eu sei bem como é isso…

    Tb sinto essas coisas qd o Davi vai dormir na casa da minha sogra…lógico que eu deixo…massssss, eu fico com cara de cachorro que caiu da mudança!!!
    Fico com ciúmes SIM!!!!rsrsrsr…

    Mas não posso deixar os outros e nem meu Davi ficar sem essa relação…até pq não sou doente nem nada!!!rarar

    BJS!

  5. Naná Jacob says:

    Than, eu sou mega ciumenta com as pessoas mais próximas de mim, acho que quando o baby nascer terei um pouco de dificuldade pra lidar com isso, até mesmo porque não pretendo ser uma mãe louca possessiva e protetora demais…

    vou treinando…rsrs

    beijos pra vcs

  6. Val says:

    Ai Than, é tão compreensível o que vc sente… E ainda bem que vc reconhece que tem que ser trabalhado, porque na verdade como dizem por aí “os filhos são do mundo”… Complicado, mas é a vida, né?

    Um beijo!

  7. Nusah says:

    Ai amiga, eu imaginooo. Sempre fui ciumenta com mihas irmas, mae,pai,marido… e agora entao fico pensando qdo vejo as pessoas dizer q vao lá emc asa depois q ela nascer, q vao dar banho e trocar. aff daonde isso kkkk ELA É MINHA! kkk…
    Ate dos meus sogros eu tenho ciume qdo dizem q ela vai dormir na casa deles qdo ficar maior….minha nossa morrrrrrrrrrrrrrrrrro!

    mas vai passar
    tem q passar

    QUEM AMA CUIDA”!

  8. Carol says:

    hahaha
    Than, me deu até taquicardia lendo o post…
    Eu sou o ciúme em pessoa qndo se trata da Lulu… Goooood!
    Tento controlar o sentimento mas é muito mais forte do que eu… E no meu caso o único que se é excessão é o marido.. de resto quase morro! hahaha
    Mas é tãão bom…. hahahahaha

    Beijos em vcs!!

  9. Lili says:

    Aii que post mais lindo!
    Foi tão verdadeiro Than. Eu te entendo (sou ciumenta assumida rs), mas isso vai ser bom pra vc aprender que esse serzinho tão pequetito veio aqui pra bagunçar o seu coreto e te ensinar tudo aquilo que vc não sabia.

    e ela é lindona demais. tava ate falando dela e de vc pra minha irmã esses dias rsrsrs

    Bjusss

  10. Thamara says:

    Adorei!!!!!! Sentir ciumes é normal…Relaxa!!!! Todos sentimos, basta saber dosá-lo que não faz mal a ninguém!!!!
    Aha uhu a Anninha é nossa
    Aha uhu a Anninha é nossa
    Aha uhu a Anninha é nossa

    Brincadeirinhaaaaaaaaaaaaa

    Beijos em vcs!

  11. Isabela says:

    Oi Than,

    Eu MORRO de ciúme da Nina…mas em relação a algumas pessoas só, inclusive da família.
    Me sinto péssima em sentir isso, mas é mais forte do que eu.

    Sinto: “A filha é MINHA…devolve agora.”

    Será que um dia passa ???

    super beijo

  12. Faça ou Desfaça says:

    “””Ciume pra mim, sempre foi sentimento dos fracos, dos inseguros”””
    Tb PENSAVA ASSIM até que me vi envolvida numa situação horrorosa, que um dia TE contarei(se conseguir rsrsr)e, virei ONÇA com “”O “”” maiúsculo e pus pra correr “divinamente” com e sem clase rsrrsr, quem precisava rsrsr

    Da Tati tb tive, das netas tb rsrs faz parte..e virar ONÇA tb faz parte qdo se quer preservar o que é bom ainda..e se valer a pena, VIRE QUALQUER BICHO RSRSR…

    Beijocas carinhosas da ONÇA, LEOA, JACARÉ, VAMPIRA, BARRAQUEIRA RSRSR

Deixe uma resposta