Um dia especial! – Diário de Uma Mãe de Dois

Um dia especial! – Diário de Uma Mãe de Dois

Um dia especial! - Diário de Uma Mãe de Dois

Um dia especial! – Diário de Uma Mãe de Dois

 

Hoje, assisti a um video lindo, onde os irmãos mais velhos conhecem seus irmãos mais novos, e tudo isso foi filmado!
Achei tão lindo e inspirador, que vim aqui contar sobre isso!

Tive o Bernardo numa terça feira, ao meio dia.
Acordei as 6:30, me troquei e levei a Anna pra escola. Estava sem dirigir há umas 4 semanas, por recomendação médica. Então, o pai fazia as vezes. Mas naquele dia fiz questão de ir junto com eles.

Eu que saí do carro e a levei até a porta da sala.
A professora dela, ao me ver, logo veio me perguntar qdo nascia. Com lágrimas nos olhos (pq hormônios são ducapeta), respondi :”hoje, daqui a pouco”.
Dei um beijo na Anna e disse a ela que em algumas horas, Bernardo nasceria. Ou como ela mesma gostava de falar “filha, daqui umas horinhas, Bernardo vai sair da barriga da mamãe!”. E perguntei a ela se ela estava animada. Sinceridade a flor da pele numa criança de 2 anos e 10 meses, ela me respondeu que não! Na vdd ela queria mesmo era entrar na escola e brincar. Estava excitada pq a amiguinha tb tinha chego junto. Elas deram as mãos, e entraram.
Esperei ali, parada, por uns bons 5 minutos. Fui pra outro universo naquele instante. Pela minha cabeça, mil coisas passavam!
Como qualquer mãe maluca doida de pedra, eu tinha medo de morrer ali, naquela cesariana. Na cesárea da Anna tb senti esse medo, mas era um medo mais comedido. Eu ñ tinha outro filho q ficaria órfão se eu fosse dessa pra melhor. Dessa vez era diferente. Pensava nela e por ela, meu medo estava maior!
Fiquei ali, pensativa, olhos marejando, mas fui interrompida pela diretora da escola me abraçando e me desejando sorte e pela buzina já incontrolável do meu marido com pressa, na porta da escola!

Entrei no carro aos prantos!
Estava prestes a mais uma vez, ter a minha vida mudada num raio de 360 graus!
E da mesma forma q foi com a Anna, eu não fazia ideia do q estava por vir.

Cheguei em casa, arrumei o q faltava, pus algumas coisas na mala, tentei entrar um pouco na net, postei uma foto no facebook.
Qdo deu 11 horas, meu marido chegou!

Colocamos as coisas no carro, rumo ao hospital, com a mesma sensação de qdo fizemos isso qdo a Anna Laura estava pra nascer!
Respiramos fundo, nos abraçamos e fomos!
Meu marido, mais chorão e emotivo, se pos a chorar. Falamos da Anna o caminho todo.
Ela chegaria da escola por volta das 17 horas e nessa hora, Bernardo já teria nascido. A cesárea estava prevista pras 13!

Entramos no hall do hospital, cheios de malas e cesta com lembrancinha, máquina fotográfica, aquele arsenal. Fui até o balcão de internação com a papelada que eu já havia preparado dias antes e entrego à recepcionista! A mesma pede pra que aguardassemos.
Menos de 10 minutos depois, ela me chama e me diz que o médico ligou, estava a caminho e que iria adiantar o procedimento.
Oi? Não era só as 13? Tô preparada ainda não! rs…Ng estava lá ainda, apenas eu e meu marido! Todo mundo achando q tudo aconteceria apenas as 13!
11:30 dou entrada no centro cirurgico e fico ali, aguardando o médico terminar outra cesárea. Sim, parto em produtividade. Odiei aquilo! Odiei estar ali sozinha, já no soro, mas sozinha, numa cadeira de roda, com roupa hospitalar e touca, ouvindo tudo o q acontecia na sala ao lado. Ouvi qdo a Gabriela (sim, até isso fiquei sabendo…rs) nasceu! Ouvi o choro dela e a emoção da sala ao lado! Chorei. Pensei na Anna. Lembrei do nascimento dela. Chorei, chorei e chorei e qdo olho pra porta, minha mãe! Sim, ela estava lá comigo! Melhor visão não podia ter tido naquela hora. Ela, me vendo aos prantos, me emocionei e me lembro de ter dito a ela: “espero q a Anna esteja bem!”.
A realidade era uma só: eu só pensava na Anna Laura! Sabia q ela estava na escola, por escolha minha, preferi que assim fosse.
Não queria q ela passasse por momentos de ansiedade, esperando eu voltar da cirurgia. Não queria que ela visse o nascimento do irmão, como sendo algo ruim e preocupante!

O médico chegou, tudo pronto, Bernardo nasceu 12:40!
Lindo, perfeito, hora de ir pro quarto!
Ainda zonza, meio dopada, chego no quarto e me deparo com minha família lá!
Não estava falando lé com cré (bendita morfina!) mas sei que a primeira coisa q perguntei foi a hora, pra saber se a Anna já havia chego da escola!
Ainda não! Pq cheguei no quarto por volta as 14:00 e ela só chegava da escola as 17!

Nesse meio tempo Bernardo chegou pra mamar, eu estava me recuperando da anestesia, já estava de 4 pelo meu moleque.
De repente, ouço alguém batendo na porta! Era meu marido. Com ela!
E meu coração acelerou tanto qdo a vi!
Minha menina estava lá!
Ela ia conhecer enfim, o Bernardo e lá minha família estava começando!

Lembro que ela me olhou curiosa.
Pedi um beijo, mas pra isso ela precisaria subir na cama pq eu ainda estava toda cheia de soro e ainda não podia levantar completamente (cesárea!). Ela subiu, me beijou, me abraçou e perguntou: “mã, kd o Bê?”.
Meu marido a pegou no colo e apontou pro Bernardo, dormindo no bercinho do lado da cama!

Ela foi até ele, olhou, colocou a mão na mão dele e disse: “oi eu sou a Anna, lembra de mim?”. kakakak
Caimos na risada.
Então, ela me olhou e olhou pra ele e me olhou de novo. “mãe, kd sua barriga?”. Explicamos que Bê tinha saído de lá e por isso ele estava no bercinho e por isso eu estava com menos barriga (nem tanto…rs…abafa).
E ela achou aquilo tudo engraçado. Riu e zombou dele coisa do tipo “hahaha vc tava la dentro”, algo assim!

Pedi q ela subisse novamente na cama, pedi q meu marido me desse o Bê no colo, e me levantei, devagar, e pedi q ele tirasse essa foto!
Bernardo começou a chorar. Bem na hora da foto. Coloquei ele no peito e pedi q ele fotografasse. Queria guardar aquele momento num pote!
Mas como não dava, a foto faria as vezes!
E está foto tem um significado incrível pra mim!
A nossa primeira foto juntos!
O momento em q eles se conheceram e se apaixonaram!
O momento em q eu me apaixonei ainda mais pela Anna e pelo meu marido!
O momento em q completamos o nosso álbum mais importante, chamado família!

<3

 

sexshop013

Sexo à três!

Calma.Esse ainda continua sendo um blog de família.Ainda não estou dando dicas de como apimentar seu relacionamento…rsMas sim, vou falar de sexo.Afinal, eu faço.Senão como eu estaria grávida. Oras.Faço, fazia, sei lá..rsO problema é o seguinte:A grande maioria das mulheres...
Translate »

Receba nossas novidades no seu email!!!

Receba nossas novidades no seu email!!!

Se você gostaria de ser sempre informado sobre as nossas últimas novidades, basta preencher o formulário com seu nome e email.Obrigada pela sua visita!!!