Vamos falar de sexo!





Complicado isso. Falar de sexo num blog voltado pra maternidade, crianças, bebês e afins. 
Mas taí. Justamente desse sexo q eu quero falar com vcs. O sexo pós filhos.
Pq falar de sexo qdo se é recém casado, recém namorado e sem filhos é fácil. 
Mas mudemos o foco, viremos a página.
Ok, estamos casadas, aliás algumas até ainda recém casadas, mas agora temos filhos. 
E puxa, como vida sexual muda depois q eles nascem.
Bom, por experiência a minha vida sexual começou a mudar da água pro vinho já na gravidez. A gente ñ tem libido, se acha feia, gorda, não tem muita posição bacana e de verdade, nem vontade algumas vezes.
Os hormônios, o peso, a barriga em si altera toda e qlq vontade de namorar o maridão.


Eu achava q eu era a UNICA q dizia muitos nãos pro marido qdo eu tava grávida. Passei a me achar um bichinho do mato, esquisita, coisas assim.
Meu médico nunca proibiu, mas era enfático ao dizer “com cautela”. E essa “cautela” eu entendia como SEXO ZERO. E assim vivemos os 9 meses da gestação. Alguns carinhos, um namorico debaixo do edredon, coisas assim, mas sexo, sexo, sexo meeeeesmo, nada!
E sim, não tenho vergonha de assumir q meu marido me cobrava demais. Pedia, eu negava, a gente brigava. Era assim sempre. Ou quase sempre.
Bom, mas aquela falta de libido que eu tinha, eu tinha certeza q fazia parte do pacote gravidez+hormônios. Achei q iria embora com o nascimento da Anna.
Rá. Faz me rir.
Anna nasceu, e claro, por conta da cesárea e sei la por quais outros tantos motivos óbvios, o médico pediu pra q esperássemos pelo menos 30 dias pra tentarmos algo. E esperamos. Mesmo pq, foi nesse período q eu comecei a perceber q se na gravidez a vontade é zero, com um bebê recém nascido a vontade é zero à esquerda. Não só a falta de vontade, mas o cansaço ABSURDO q toma conta da gente, os peitos cheios de leite q cá entre nós não é nada excitante, o choro do bebê logo ali ao nosso lado não é nenhum convite pra uma noite de sexo ardente né não?
Não dá, não rola.
Só q o tempo foi passando. Anna crescendo. Meus peitos já não eram mais cheios de leite, ela não mamava mais, pera aí, ta na hora de começar a reviver aquela vida loka q tínhamos de antes, né? Não.
Pq gente (maridos…) ser mãe é uma profissão q nos deixa na lona, nocaute é pouco. E a noite, qdo o bebê enfim adormece, sei lá, falo por mim ok, a unica coisa q eu quero é  capotar tb. A cama me chama, mas não pra namorar e sim pra dormir.
Fora alguns outros fatores externos q contribuem e muito pra essa falta de vontade. O corpo. O corpo muda muito, a barriga fica feia, os seios esquisitos, a auto estima cai e pra q a gente faça amor gostoso, relaxe e td mais a gente precisa acima de tudo, estar com a auto estima boa, no mínimo. Fazer sexo no escuro com o marido de anos, cheia de não me toques, é pacabá com qlq relação né!
Eu tenho uma amiga q diz q a vida sexual dela se equipara com a de uma freira. A gente ri disso, mas gentes, é bem isso né!
Os maridos odeiam e nem sempre entendem essa fase seca nossa.
(as vezes seca literalmente falando, se é q vcs me entendem!)
Aqui em casa rola MUITO estress por causa disso. E foi justamente isso q me fez escrever esse post.
Hj eu sei q eu não sou a unica a passar por isso.Muitas (não vou dizer todas né) mulheres q tem filhos pequenos passam por isso. Algumas levam de boa, assim como seus respectivos companheiros. Outras não levam de boa, fingem q tem uma vida sexual parecida com uma estrela pornô e tem maridos (como o meu) q não aceitam, não entendem, enfim!
Complicado isso. Aliás, muito complicado.
Posso afirmar com sem vergonha que 98% das minhas brigas e discussões com meu marido é por causa de sexo, ou a falta dele.
Não q não fazemos. Sim, a gente namora até bastante perto de muita gente q eu conheço, mas é q qdo acontece ou é rápido, tipo fast food (kkkk…q podre), ou não é lá a coisa mais romântica do universo. Não dá. A Anna chora e quem nunca parou o barato na metade pra ir socorrer o filho chorando? #quemnunca????????…
Daí qdo volta ou ele ta dormindo, ou bravo, ou cabisbaixo (nossa como eu to trocadilho infame hj…kkkkkk). Daí acabou o clima, cada um prum lado e boa noite!
E no nosso caso, pra piorar a história, fazemos cama compartilhada, muitas vezes Anna já vai pra nossa cama logo cedo, então, daí não dá mesmo! Além de anticoncepcional natural, a Anna se torna empata foda por profissão! rs


(filha, qdo vc começar a ler esse blog um dia, por favor, pule esse post…rs)


Mas, pra gente ver e saber como realmente as coisas são, na prática, na real e td mais, me respondam: COMO ANDA A VIDA SEQUISSUAL DE VCS???? 
hahaha
Vamos lá meninas, se abram, desabafem, contem tudo! rs


Beijos

35 Comentários

  1. ..Mônica.. says:

    ai Than, não tenho filhos, e no momento não pretendo, mas quando engravidei, antes de perder o bebe eu imaginava ” e agooora?!” o tempo que fiquei prenha, se tive 1 relação foi muito, o medo era demais, ai perdi, aquela dieta que não cumpri, mas eu ficava pensando, o bebe dormindo do meu lado na cama, mesmo no berço, não rola, não rola, meeesmo, e de rapidinha a rapidinha ia cansar, então filhos agora só qndo tivermos um quanrto pra ele, hahaha, e ele dormirá lá, pelo menos 3x na semana, HAHAHA
    beeeijos.

  2. Ale says:

    Than QUE MEDOOO!!
    Perdi a vontade de ter filhos agora! kkkkk
    Brincadeiras a parte (ou não) tenho uma amiga que me diverte contando sobre os namoros rapidos e interrompidos pela filha chorando, que tensooo!!
    Acho que vou aproveitar enquanto não tenho kkk maridoo venhaa cáa hehehee
    BJOOO

  3. Nossa Princesinha Yasmin says:

    Olá querida!
    Aqui em casa também estamos assim, e meu marido assim como o seu me cobra muito.

    Pra ser sincera depois da gravidez eu perdi a vontade de sexo. Nossa chego em casa cansada e tenho que cuidar da Yasmin e fazer janta o que eu mas quero e deitar na cama e dormir.
    Sexo agora não é mais aquela coisa prazerosa pra min sabe… Parece que eu faço só mesmo por obrigação.
    Vou falar com o meu ginecologista sobre isso pois pode ser um problema hormonal também.

    Espero que melhore.

    Beijinhos

  4. Naná Jacob says:

    amiga esse assunto e mesmo mto complicado sabe?! Porque vc tem razao quando diz que a vida sexual pos-filho e complicada, as vezes nao da, as vezes a gente sai pra socorrer o baby no meio do negocio, e depois nao ha clima que resista.
    Mas sabe, na gravidez minha libido estava nas alturas, eu queria todo dia, apesar de nao ter mta disposicao ja no fim da gravidez, mesmo sem muitas posicoes possiveis, eu fazia de tudo pro marido ficar a vontade, quase sempre era ele que nao queria de jeito nenhum, ele dizia que tinha medo de machucar a nenem, mas a vontade falava mais alto, e a gente colocava um filminho pra distrair a atencao da barriga, eu colocava uma camisola que escondia um pouquinho e mandava ver.(rsrs)
    Depois que a nenem nasceu a coisa complicou mais, o peito cheio de leite, o cansasso e tudo mais que vc sabe mto bem, quase sempre desanimava a gente, mas quebrei o resguardo com 18 dias de parida de cesarea, mas nao tava aguentando mais… e fizemos devagarzinho e bem gostoso, a saudade era tanta que foi bem rapidinho, depois disso aguentamos mais uns 15 dias e a coisa se resumia a 1 ou 2 vezes por semana, mas a nenem passou por uma fase dificil que nao dormia direito, e eu compartilhei a cama (lembra que te contei?!) E ai a coisa piorou, mas agora que ela dorme melhor, a gente tem aproveitado mais, apesar de ter dias que eu estou beeeem cansada, ser mae e dona de casa nao e facil…
    Mas tenta fazer alguma coisa diferente amiga, deixa a Anna com alguem e faz um programinha a 2. Quando eu nao tinha mta disposicao a noite, aproveitavamos qualquer sonequinha dela durante o dia, pq dai se tem mais energia.
    E quanto ao corpo, realmente nao sei o que dizer, eu tbm detesto meu corpo pos-gravidez, sem contar o leite todo pingando das peitchas, mas pras peitchas tem lingerie sexy, e pra corpo feio tem a meia-luz, e se o seu marido quer, e porque ele te ama de qualquer jeito amiga…
    Beijos

  5. Poly says:

    Than eu não tenho filhos, mas estar fazendo tratamento pra ter já é um grande empata, pq os hormonios me deixam dolorida, com colicas, etc, fora que minha tpm tá 20 x mais aguda em mau humor..kkkkkkkkk
    Mas tem que treinar né…kkkkkkkkkkkkkk
    Bjsssssssss

  6. Carol Damasceno says:

    Than posso garantir que a minha anda pior que o seu relato…. Meu marido antes entendia, mas agora não quer saber de entender de jeito nenhum… E não posso negar que tenho medo de ser traída, muito embora, não me pergunte porque, sei que ele não faria isso.. Mas minha vontade anda no menos 35…. Um caos, né…

    Mas estou tentando melhorar…
    Acredito 100% que vc não está sozinha….

    Beijocas

    Carol

  7. Val says:

    Than, desde que engravidei minha libido foi pro fundo do POÇO. De vez em quando até tenho vontade, mas passa tãããão rápido qdo eu penso no incômodo e na coisa toda… hahahaha… Meu marido graças a deus entende e não me cobra muito, mas eu tento “ajudá-lo” de vez em quando, se é q vc me entende, hahaha. Será que um dia as coisas estabilizam???

    Beijos em vcs!

  8. Cláudia Leite says:

    Ha Than, não tem como não falar nesse assunto!É uma das bases de um bom relacionamento.

    Na começo da gravidez minha vontade era nula, mas no final eu subia as paredes!

    Depois do parto a vontade é 00,00. Só consegui fazer alguma coisa por vontade minha mesmo quando Bella estava com 7 meses, antes disso tentamos algumas vezes mas eu estava seca, dura, só doía, era horrível. Aí passamos 2 meses tendo intimidades de vez em quando, tipo uma vez por semana, mas nos últimos dois meses, NADA… nem bejinhos eu tô a fim, nada.
    Tô me sentindo uma meleca, feia. tô cansada, tô chateada com ele, então vontade 00,00 mais uma vez…

    Pois è Than, isso é beeeem comum mesmo.
    E também brigamos (ele comigo) por causa disso, sempre por causa disso.

    bjo e bom final de semana!

  9. Dani says:

    Than,

    O nosso relato pode ser muito parecido – e eu já pensei em escrever sobre isso tbm, mas não escrevi pq o marido lê o blog e eu tenho certeza de que ele não gostaria de me ver falando sobre isso, mas…. vivemos a mesma coisa, com uma única diferença, o meu marido me entende, ele não gosta, claro, mas não cobra tbm. às vezes, qdo ele está por subir na parede, ele me conquista, faz charminho, me chama para tomar banho, sai do banho (qdo toma sozinho) cheio de carinho, me chamando pro quarto… sabe? Ele me conquista e eu vou, pq sei que ele precisa (e depois que começa, eu curto, eu só não tenho o tesão inicial, sabe?).

    O que me ajuda é que Laura, com 15 meses, dorme muito bem (desde os 4), a noite toda e só acorda quando está dodói, chatinha, ou com dente nascendo. Se tivermos em situações normais, ela dorme das 20h às 7h, o que é ótimo e nos garante a noite toda juntos.

    Eu é que não tenho disposição, estou cansada, trabalho fora das 8h às 18h, de salto, maquiada, mil problemas, mil assuntos, mil projetos e mil reuniões… saio do trabalho, vou a pé buscar a pequena, voltamos brincando, andando, brinco mais com ela até ela dormir. Depois que ela dorme, é lavar louça, lavar roupa, estender roupa, arrumar o banheiro, arrumar o meu quarto, arrumar a sala…. fazer jantar…. e DORMIR! Pelamodedeus. Como marido estuda à noite (e trabalha o dia inteiro), ele chega e muitas vezes já estou dormindo… tadinho. Nos fins de semana eu faço mais esforço para namorar, e, por isso, cá entre nós, eu acho que conseguimos namorar só aos sábados e domingos. Durante a semana, é muito raro. Ou seja, 1x por semana pós-filho. Antes de ter filhos: 87 x por semana.

    Na gravidez eu não tive tesão ALGUM. Nada. Nadica. Mas colaborava mais, pq estava menos cansada, então eu me esforçava muito mais. Se eu soubesse que a vida sexual viraria essa, que o cansaço seria extremo, eu teria dado muito mais durante a gravidez… hohoho…

    O importante, para mim, é que o meu marido me entende, repito: ele não gosta, tem dias que ele reclama, mas dificilmente me cobra. Sempre querido e companheiro.

    E cá pra nós,1 x por semana com filha de 15 meses, casa pra arrumar, trabalho fora para os dois, estudo para ele à noite, e eu cansada… tá bom, não?!?!?!?! hahahahahahaha

    Beijos!!!

  10. Rebeca says:

    Amiga, a minha gravidez foi a glória hahahaha. A libido subiu estratosfericamente. O marido tinha medo, mas mesmo assim foi o auge. Hoje em dia ele deve ter muita saudade desse tempo kkkkk. Às vezes eu deito na cama e antes dele falar boa noite eu já estou dormindo (isso quando eu já não me deito praticamente dormindo, só no piloto automático). Pra piorar tudo, como estou morando na casa da minha mãe, Rafa está no quarto comigo, então tem que ser tudo com muita discrição…
    E apesar do rafa já dormir a noit toda, o cansaço é dobrado, pq depois que eles começam a andar, só Jesus!
    Mas o marido leva numa boa, até pq ele às vezes assume a cria, e sabe como é cansativo.
    Agora o corpinho amiga, esse aí acho que nunca mais vai ser o mesmo. Só com muita academia, mas estou sem grana. Então minha filosofia é: casou com o filé agora vai ter que aturar a buchada kkkkkk

    Beijos

  11. Flávia says:

    Oi Than!
    Vc não está sozinha nessa barco,não mesmo!!Acho que tudo que Vc disse é muito mais comum do que imaginamos,e sim é muito,mas muito difícil reconciliarmos nossas vida sexual com a chegada dos filhos!Mas comigo,aconteceu meio que o inverso,sofrí muito no começo de casada,simmmm,no começo que há todo aquele”fogo”,rsrsr,por conta dum maldito AC que me tirava toda e qualquer libido,troquei várias xx,mas nenhum deu certo,até que resolvemos que eu pararia com o mesmo.Daí foi a glória,rsrrs,pra mim o AC sem vontade nenhuma!Tá certo que não é todo marido que gosta de usar preservativo,mas é melhor usar do que não ter né!?srsrrs,depois do nascimento do meu filho,no começo foi muito difícil,e demorou uns 2 meses pra tudo voltar mais ou menos como era antes,mas devagarinho foi voltando ao normal.Não é fácil,o problema muitas xx écomeçar,mas depois,acaba dando certo!Sabe procuro ver om sexo como uma recompensa(e bem merecida)não como uma obrigação!Poxa tbém merecemos né!?Por isso exijo que seja bom,mesmo que rapidinho às xx e coopero tbém né!Meu corpo tá UÓ,ainda amamento(meu bb tem 10 meses),mas na hora H QUERO MAIS É ESQUECER UM POUQUINHO QUE SOU MÃE,e curtir o que é bom!Assim querida aproveita,pensa em Vc,lembre-se que o difícil é começar,mas te garanto que até sua alto-estima vai melhorar,surpreenda o maridão,e elmbre-se que se ele te procura é porque te ama muito sim,ainda mais hoje em dia que mulher tá tão fácil por aí!!Bjussss,té!Ah,amo tudo que escreve,Vc é muito transparente e seu Blog(apesar de ser mãe de menina)não é só cor-de-rosa como muitas blogueiras são por aí,é real,e isso sim nos motiva a sempre vir aqui e ler o que escreve!

  12. Angel says:

    Eiiiiiiita amiga…#siidentifiuei com o post!!!!!kkkkk…

    Não dá né???Vai dizer que depois que os filhos nascem tudo continua as mil maravilhas…DUVIDEODÓ!…

    Como é lá em casa…Sinceramente me enquadro em to-dos os quesitos citados por vc…Não estou me sentindo gostosa como uma Panicat…chego em casa do trabalhado acabada…e aí começa a terceira jornada com a Lulu e o Davi (veja que ainda em citei o pobre do marido!)…fico brincando com e Lulu até umas 9 hs que é qd ela dorme e Davi tb dorme…Daí é que eu vou tomar um banhinho…talvez jantar alguma coisa…e qd olho a minha cama…meus olhos pensam toneladas e vontade mesmo que é bom…nada, só pra dormir meeeesmo…tem dias que não chego nem no final da novela acordada!!!!!Marido coitado…é bem compreensivo…Tem uma paciencia de dar gosto, não posso reclamar!Joga uma piadinha daqui ou dalí…e gente leva na brincadeira pq como já passamos por isso qdo Davi era bb, sabemos que mais cedo ou mais tarde( espero que mais cedo!!!rsrsr) as coisas ( a vontade ,o corpo, e a disponibilidade) voltam ao normal…

    O lance é ter paciência…mas olha que pelo menos qd rola…dá pra tirar a forra!!!rsrsrsrsr(sutil né?!kkk!)Mas tb tipo fast food…bem rápido pq berço tá alí, do lado da cama…e ao menor barulinho a Lulu acorda!!!!Nossa…é um desafio…

    Mas olha, te garanto que um dia as coisas voltam pro lugar!!!!Mas enquanto isso não acontece, deve-se ter paciência MÚTUA!!!!…

    Bjs…adorei o post!

  13. Andrea Fregnani says:

    Than, ótimo post pra gente desabafar, só não escrevo lá no meu pq marido aqui é muito reservado e tímido.
    Por aqui o que tentamos fazer é caprichar bem qnd a gente tem um pouco de sossego e disposição, mas confesso que as vezes o marido vai chegando e eu finjo já estar dormindo, cansada demais…que ele não me siga nos meus comentários em outros blogs huahuahua
    O bom é que ele é muito compreenssivo. Mas agora depois de 19 meses do parto, a gente está cada dia achando um tempinho melhor pra gente, se continuar melhorando tá bom né,
    bjs

  14. Amanda says:

    Olha a freira aqui!
    Sabe, de uns tempos pra cá minha vida sexual deu uma bela melhorada, fazemos amor que 3 vezes por mês!
    Falando sério, agora, um ano depois as coisas estão melhorando, mas nem se compara com nossa vida sexual pré gravidez!
    Até sinto vontade, mas mtas vezes tô tão cansada que não rola sexo mesmo!
    Marido vez ou outra reclama, mas no geral ele tenta ser compreensivo.
    Fico pensando, será que algum dia melhora?

  15. A mãe do Matheus" says:

    HAHAHA amiga foi como se eu tivesse postando isso kkkkkk
    aqui em casa é exatamente assim, complicadissssssssssssssssimo, libido 0 seguindo sempre reto depois vira a esquerda, pra no sinaleiro e depois a direita kkkkkkkkkk
    horrivel!!!!! ai só Deus pra fazer os maridos entenderem…
    bjs

  16. A mãe do Matheus" says:

    HAHAHA amiga foi como se eu tivesse postando isso kkkkkk
    aqui em casa é exatamente assim, complicadissssssssssssssssimo, libido 0 seguindo sempre reto depois vira a esquerda, pra no sinaleiro e depois a direita kkkkkkkkkk
    horrivel!!!!! ai só Deus pra fazer os maridos entenderem…
    bjs

  17. Bicho-mãe Flavi says:

    Nossa Than… Já escrevi um post com o mesmo tema no meu blog

    http://bicho-mae.blogspot.com.br/2011/07/ser-mae-e-maravilhoso-eu-sei-e-o-sexo.html

    E sei que é difícil, embora acho que para algumas seja mais difícil ainda.

    No inicio da gravidez, nas primeiras semanas eu não queria fazer por medo de perder o bebê, sei lá o que deu na minha cabeça rss… Depois ficou tudo normal, difícil por causa da barriga que não deixava espaço mas fizemos até o último dia rss… Depois que nosso filho nasceu ficamos um mês sem nada por ordens médicas, mas estávamos cheios de vontade, mas no dia que fizemos a “primeira vez” foi uma merda! Rss… Muito estranho, os dois inseguros… O fato é que nos primeiros 3 meses não foi legal, fazíamos mas não era muito legal. Hoje um ano depois, estamos bem, tudo praticamente normal, a vontade existe. Mas tem esses momentos de parar tudo por que o filho chorou, não podemos mais ir em motéis como antigamente que era quase frequentemente. Quanto ao corpo, não sou encanada, sei que estou acima do peso e tem gordurinhas sobrando, mas sei também que o que meu marido quer e o que eu quero na cama está além disso então nos divertimos bastante rss…

    Acho que temos que nos aceitar como somos e tirar proveito disso. Sua falta de libido pode ser por outros motivos também… O emocional muda tudo… Espero que tudo se resolva por aí.
    Beijoss

  18. Blog da Pandinha says:

    Amiga, vou te contar uma fórmula secreta: sexo + casamento = preguiça. E se a gente não se esforçar, não rola. Explico pro marido que o sexo não começa na cama, quando nos deitamos. O sexo começa bem antes. Com palavras românticas durante o dia, com um afago diferente ao chegar do trabalho, com um torpedo picante e convidativo no meio do nada. Estamos cansadas, dá preguiça, mas depois é tão bom. E olha só…se eu, com 60 quilos de sobrepeso, NUNCA perdi a libido por causa disso, vc que é quase uma miss não pode deixar que este seja o fator impeditivo. O sexo, para a mulher, começa na cabeça, e muitas horas antes de estar na cama. Pensa com carinho nisso. Pensa como a pele fica boa no dia seguinte, o quanto o humor melhora. Freud, há 150 anos atrás quase, estudava a neurose das mulheres pela falta de orgasmo. Então amiga, relaxa e goza!!!!!!!

  19. Roberta Aquino says:

    Oi than .. amei esse post … e vc escreve de uma maneira muito show .. hehe .. comigo na gravidez aconteceu que quase matei meu marido .. eu queria praticamente todos os dias … kkkkkkkkkkkk .. agora quando a Luma nasceu .. ufaaa .. kd vontade, animo e tempo? num primeiro mês o edu até que se comportou direitinho ..mas depois .. afff maria .. kkkkk … eles realmente não entendem .. não adianta … acham que a gente tem que dar um jeitinho e arrumar animo pra tudo ..e muitas vezes sentem muito ciumes dos babys … pq ficam sem ter nossa atenção e mimos .. uauauauauuaua .. bjs amore .. mas ó .. vai passar .. aí ele é que tem que se garantir!! kkkkkkkk .. bjs

    Roberta e Luma
    http://princesaluma.blogspot.com.br/

  20. Doces Sonhos de Uma Noiva says:

    Amei seu post!!!Nossa me tirou da noia que eu tava….vontade 0*0*0…quero nada…marido reclamava mais, acho que ate ele tem medo de machucar a nene…médico já falou que não tem perigo mais eu fico pensando nela…as vezes eu sonho hehe mais na hora boa não rola….como temos um bom caminho pela frente com 4 meses de gestação vamos ver o quanto isso ainda muda…mais por isso que eu AMO seu blog, você é muito verdadeira e transparente!!

    Bjos pra você e pra Anna

  21. Taisa Albini De Assis says:

    Assunto presente na vida de qualquer casal né… Somos mamães mas continuamos sendo esposas..

    Adorei sua sinceridade em falar de sexo!

    Deixa eu contar como foi aqui..
    No início da gravidez foi tudo normal, como antes… Quando a barriga começou a crescer o marido ficava meio assim, com MEDO! Ai o ritmo diminui bastante! hehehe Porém eu sempre tive a mesma vontade! hahahaha

    Agora depois da Helena marido voltou ao normal.. eu tbm sempre tenho vontade! Mas o ritmo caiu pois como você mesma disse, tem dias que estamos tão cansados que depois que ela dorme, queremos e capotar tbm!
    Então acho que é perfeitamente normal mudar a vida do casal depois do filho… nos dedicamos a cuidar daquele serzinho que depende de nós pra TUDO… Acho que só o tempo que “cura esse mal”! huahuauhauh

    Adorei seu senso de humor no final do post pra Anna pular esse post quando começar a ler o blog!!!

    Bjssssssss

  22. Aline Lima says:

    Thania gosto muito da forma como vc escreve. Olha ainda nem casei, sou apenas uma noivinha sonhando com o grande dia….sonho em ter filhos….mas depois dessa acho q vou adiar por mais alguns longos anos!!heheheheeh
    Espero que tudo melhore por ai!! Beijos

  23. Grauce says:

    Than, minha amiga, como diz aqui no Rio: o bagulho é doído! É essa parada ai mermo!

    Vou te dizer que o Junior já empatou algumas vezes, mas não PAROU o lance, entende?! Aqui num tem tempo quente kkkk

    Mas que a libido é ZERO na gravidez e logo assim que eles nascem FATÃO

    Há pouco tempo que eu to mais animadinha, sabe. Mas, tipo, bem de vez enquando, quase raramente kkkk. Marido entende meu cansaço, às vezes… Assunto pra post meu isso! kkk

    Mas é bem isso ai mesmo.

    Adorei o “tipo fast food” e “empata foda por profissão” kkkk

  24. Marie says:

    Eu quando ñ sorriu aqui fico perplexa com sua transparência. Seu blog é verdadeiro e deveria ganhar um prêmio. Tem blog q até dá vontade de comentar aquelas rosas cor de rosas postadas perguntando se aquilo mesmo existe. Olhe… só ñ descrevo o que vivo por puro pudor mesmo! rs rs rs
    Parabéns por ser um talento na escrita, sempre penso:-_Ela é bem melhor q uma Jaboa! (Jabor)

  25. Cintya says:

    Corajosa vc de falar sobre isso aqui no blog. Mas é a mais pura verdade. Muda tudo!!!! Durante a gestação muda… mas depois que nascem muda mais ainda.
    Me esforço por aqui pra não dar abertura pra concorrência (hahahahahah), e acredito que uma hora isso vai passar e a vontade e tempo vão aumentar.
    Bjos

  26. Lili says:

    Thann, é a Lili do Noivinha Lili, lembra de mim??

    Que saudades do seus posts.. Como sempre vc falando daqueles assuntos que ng tem coragem, por isso amoo ler tudinho rsrs!!.. Estou tentando voltar aos poucos, dei um bloqueada no meu blog para reformular, preciso voltar a escrever..Sua filhota ta lindaaa demaiss..

    E quanto ao assunto do post, ainda não engravidei mas posso imaginar o cansaço e falta de vontade que sente. Eu q não tenho filho, ja fico cansadaaa demais, por conta da rotina imagina um filho no meio? rsrsrs
    Mas já pensou em pedir pro seu médico algum remédio? Tenho uma amiga q ta tomando e ta fazendo efeito rs

    Saudadess…

    Lili

  27. Dina says:

    Vou te confessar, estou uma jaca de gorda, peitos enormes e horrendos, barriga gigante, sem vontade nenhuma, passando muito mal bem no meio da gravidez, tão cansada que vou analisar se estou com anemia, marido não me procura, mais mas EU PROCURO! Chamo na xinxa! Faço sem vontade mesmo, por puro medo de perder meu maridinho. Tem dado certo amiga! Meu casamento está se segurando e sempre é gostosinho, não como antes, mas é. Pretendo continuar assim até parir e passar a fase de amamentação. Boa sorte aí e não deixe de dar!!!! Uma hora seu marido não aguenta, ninguém é de ferro, por mais bom caráter que se seja.

  28. Mãe do Theo says:

    To aqui pensando como eu não conhecia seu blog antes!!!To adorando os post!Morri de rir com este, pois aqui em casa o Theo tem radar certeiro e chora sempre na hora do bem bom deixado papai ‘cabisbaixo’como vc disse kkkkkk #murri!
    Eu e marido éramos incansáveis antes do Theo, era dia sim e no outro também! Foi assim nos primeiros 2 aos de casamento! Agora se fazemos 1 vez por mês e milagre!!

Deixe uma resposta