3 anos e 4 meses, e ainda não fala!

 

 

 

 

toda-crianca-fala-errado-custom

 

Outro dia, chegou um bilhete na agenda do Bernardo, da coordenadora, pedindo uma reunião comigo.

Reunião particular, somente comigo.
Confesso que entrei em pânico! Nunca aconteceu isso comigo. Nem nos áureos tempos em q Anna Laura mordia e batia A RODO os coleguinhas de sala.
O bilhete chegou na sexta, então passei o fim de semana todo tentando entender o porque de uma reunião só comigo.
Numa conversa com meu marido e com a minha mãe, chegamos à suposição de que seria algo sobre a fala do Bernardo. Ou a falta da fala.
Bernardo, como eu coloquei no título, ainda não fala muito. Na verdade, muito ele fala, o problema q é quase 80% sem entendimento.
Ele tem um idioma próprio que até meses atrás era fofo, agora é preocupante.
Ele é uma criança ótima, que se comunica muito, que participa de tudo, é esperto, inteligente e moleque mesmo. Apronta muito. Em contra partida o Bê é uma criança muito carinhosa, manhosinha, cheia de beijos e abraços. Ele adora colo, mimo, coisas de bebê, embora fique muito bravo qdo o chamamos de bebê. E acho q por isso ele se acomodou com o idioma de bebê, acostumou em apontar e a gente pegar ou fazer o que ele ta pretendendo. E eu fui deixando. Fui achando fofo a forma erradinha q ele falava e o resultado foi esse: a escola me chamou pra q eu comece a pensar em marcar fono pro Bê.
Na vdd, isso já está engatilhado há algum tempo pq eu tava meio empurrando com a barriga isso, mesmo percebendo que a fala dele estava ficando pra trás. Eu sabia desde o ano passado. E daí comecei a correr atrás disso (pq fonoaudiólogo pelo plano de saúde é uma LASTIMA!) antes da escola pedir essa reunião. Então cheguei lá com um feed back. 
Mas sei que demorei, pq desde ano passado, nessa época março, abril, qdo o Bê tava com 2 anos e 4 meses, eu comecei a perceber q ele tava demorando a falar as primeiras palavrinhas. Eu comparava muito ele com a Anna, que começou a falar muito antes dos 2 anos.
Mas como disse, fui empurrando com a barriga.
Só que agora não terei mais como fugir. Nem posso. A negligência passou dos limites. (rsrsrs)

Confesso que me dá certa agonia e tristeza e frustração de ver ele crescendo, todas (a maioria) as crianças da idade dele falando pelos cotovelos e ele falando ainda aquele idioma Bernardês.
Mas acredito q as sessões com a fono vão nos ajudar muito e em breve espero vê-lo falando pelos cotovelos!!!!

6 Comentários

  1. Ruth says:

    Meu segundo filho, Arthur, está com 4 anos e começou esse ano na eacola, 1°etapa.
    Fala pelos cotovelos mas apenas eu e a irmã dele, Ana Laura de 10 anos, entendemos o que ele fala.

    A professora pediu que ficássemos atentos pois a falta da fala talvez acabe excluindo ele das outras crianças.

    Se a consulta pelo convênio está difícil imagine pelo SUS ainda não conseguimos a consulta e a preocupação só aumenta. .. Não quero que meu filho Seja uma criança excluída. Meu coração está apertado de mais.

  2. Mich says:

    Sei bem o que está passando. Passei isso ano passado. Um fala tudo. Outro mesma situação do bernardo. Levei em Fono e Psicologa. Agora na cabecinha dele ele não sabia o que estava acontecendo. Tirando ele da aula e deixando o mano. Bem. As férias pude ficar mais tempo e ele deslanchou a fala. Completou 4 anos. Ainda precisa ser escutado sem dar pressão. E as palavras não estão claras totalmente. Mas a escola não obrigou em seguir na Fono. Dei um tempo. Apesar dele ser prioridade. Muitos me falaram que era coisa da idade. Já que ele escreve bem e faz todas atividades. Ele fala bem as frases. Conversa bem tb. A Fono ajudou muito. Mas o melhor é ter tempo só com ele. Tempo para escutar ele. Que sei bem que com gêmeos nem sempre conseguimos. Quase nunca conseguimos. Mas dá certo. Aqui acontece que o mano que começou a falar mais cedo responde por ele o que deixou preguiçoso também. E tb é mais tímido. Ele não fala muitas vezes por vergonha. Pq sozinho eu e ele ele fala bem. Muita conversa e perguntas sobre o dia dia. Sei que é difícil. Desesperador quando. E falaram que ele estava gago e poderia ser para sempre. Mas passou. Agora não gagueja mais. Ele aprendeu na Fono respirar. O que precisa mais tempo lá eu sei. Mas coloquei na natação que ajuda tb a respiração e relaxar. Boa sorte. Vai dar tudo certo. Beijos.

  3. Isabela Sady says:

    Than, estou tentando retomar o meu blog…rs
    Já teve a reunião da escola ? Já levou na fono ?
    Adoro o jeito que escreve…
    bjs

    • Thania Strina says:

      Bela outro dia peguei seu blog pra ler…li muita coisa! Muita atualização! rs
      Ainda não fomos a fono! Estou no aguardo do plano liberar! Assim q isso acontecer volto e conto!
      Beijos

  4. Renata Santa Clara says:

    Boa noite
    Me identifiquei muito cim essa sua matéria.
    Meu filho tem 3 anos e 5 meses e agora que começou a falar palavras e pequenissimas frases.
    Sempre achei meu filho Pedro atrasado pra falar e sempre questionei com a pediatra. Mas ela dizia ser normal pois ele naonapresentava problema de audição e nem retardo Casa Cada criança tem seu tempo mãe, dizia ela. Pedro com 2 anos só se comunicava por meio de mimica e achávamos bonitinho. Pareciamos uma família de surdos e mudos rsrsrs. E a situação piorou qd decidimos coloca-lo numa escolinha prestes a conomwtar 2 anos para soltar a faka. Ele nao adaptou, chorava compulsivamente todos os dias durante 8 meses que foi o tempo que ele ficou nessa escola e decidimos tira-lo. Não só pq vimos que ele nao estava feliz la, mas tb pq meu marido foi transferido e mudamos dw estado. Foi a partir daí que ele começou a falar as primeiras palavrinhas com 2 anos e 9 meses e desde então venho alimentando o vocabulário dele com novas palavras. E tentado arrumar uma Fono. Pois não querendo te desmotivado, mas Fono por plano eh difícil e sem falar que hoje ela esta na clínica que vc começou o tratamento mas amanhã ela pode nao estar mais já estou na terceira e ainda na estaca zero. Hoje ele esta numa nova escol a, super adaptado e feliz. Já esta falando os números em inglês. Morro de rir pq o português ainda ta bem mixo rsrsrs. Já me senti muito como vc triste, pra baixo e até com vergonha do meu filho. Acredita? Por ele estar atrás das outras crianças na questão da fala. Mas com ajuda psicológica pois tb acabei o colocando tem aprendido que cada dia eh um novo dia é daqui a pouco meu filho tá falando pelos cotovelos. Como diz meu sogro (me animando) “se Albert Einstein começou a falar aos 5 anos de idade e muito mal. E se tornou um grande físico. Pq nao o nosso Pedro tb não sera um desses gênios como foi Eistein.?” Qd vc puder entra no Google e lê a vida de Einstein vc vai se surpreender. Boa sorte com o seu pequeno. Vai dar tudo certo. O importante eh vc nao se acomodar. Tem que agir.

Deixe uma resposta