Exausta… – Diário de Uma Mãe de Dois

Exausta… – Diário de Uma Mãe de Dois

E como num legado, um clichê mais q usado, eu repito mil vezes pra mim mesma, sentada na cama sozinha no escuro: eu to exausta!
Me perdi no meio de tantas Thanias q eu sou, ou tento ser, ou tenho q ser.

E como qlq coisa q acumula na nossa vida, uma hora, transborda.
É como vc passar a vida comprando sobretudos e colocando no maleiro do seu guarda roupa. Um dia, qdo vc abrir, geralmente na pressa, todos eles cairão na sua cabeça. Uns com botões de madeira, cairão na sua testa e machucarão. Outros nem tanto, mas vc vai chorar, chorar, chorar.
A tal da gota dágua. Ela existe.

A gente acumula sentimentos, frustrações, medos, anseios, ansiedades e pimba. Um dia a gente resolve q ta na hora de abrir o maleiro da vida e cai tudo em cima da gente, ao mesmo tempo, nem dando tempo pra gente sair correndo. Não dá ,simplesmente, pra se esquivar e sair correndo. O tsunami da vida ñ espera a gente ter tempo de esquivar.

Não. Eu não tô feliz. Deveria. Perante a sociedade eu deveria. Mas dentro de mim tá tudo tão bagunçado e sem nexo, que eu não sei bem onde eu me perdi.

Nem sei pq tô falando nisso. E disso. E aqui.

Mas é q todo o limite da exaustão (física, mas a pior é a psicológica) já foi preenchido e eu me olhei no espelho agora e me vi amarga.
Sabe qdo colocamos boldo na boca e o gosto amargo toma conta da língua? Me senti assim.

Me olhei e me vi uma pessoa, mais q isso, uma mãe amarga. Uma mãe impaciente. Que briga. Que grita. Que perde o controle na frente dos filhos e chora. Muita coisa dentro de mim. Acabo descontando em quem mais me dá razão pra ser feliz.

E tudo aquilo veio a tona. Culpa, frustração, tristeza, agonia.

Sufocada, decidi escrever. Pq me acalma. Pq vomitar os sentimentos alivia.

Ser mãe é lindo. Nos motiva, nos engrena, nos joga pra cima, nos faz mudar e ver o mundo com cores diferentes.

Mas nos exige. Nos cansa. Nos esgota. Nos faz ir do céu ao inferno. Chegar no auge de todo o estresse e o medo e as mazelas e tudo mais.

Ser mãe de dois, nos faz isso em dobro.

As vezes acho q nem tenho mais força pra continuar. Quero fugir pro Nepal. Pra Namíbia. Pra Grécia Antiga. O sentimento de querer estar a 200.000 kilometros de distância se faz latente e eu paro e me olho e penso: q raios de vida é essa q vc escolheu?

A doação dói.

Se doar dói. Pq só vc vê o retorno. E mais ng. E o mundo caga pra vc. O mundo caga e anda pra se vc está sendo mãe totalmente ou pela metade. Seus filhos cagam. Seu companheiro caga. Suas amigas cagam. A sociedade caga. Mas o mundo quer q vc faça tudo isso e sorria.  E mais…quer q vc se doe, se esqueça de si, mas esteja sempre sorrindo. E de batom. E de unhas feitas. E com calça jeans 38. E cabelos hidratados.

Ter olheiras e estar gorda não cabe a vc.

Vc é mãe, como sempre quis, vc deveria estar feliz. Irradiando felicidade. Andando pela rua rindo a toa. Sempre. Todos os dias.

Pq ng vê as pingas que vc bebe. Mas vê e comenta os tombos q vc toma.

Isso é a vida real. Dura, nua e crua.

É lindo ser mãe em fotos com legendas doces  nas redes sociais.
Na foto eles te obedecem, fazem carinha linda, não sujam a casa que vc acabou de limpar com farelo de biscoito e pra coroar, te beijam, te abraçam e vc se sente a mãe mais realizada do mundo. Qdo na realidade, enquanto vc posta a foto e matuta uma legenda bem melosa, eles estão se batendo, se mordendo, brigando e tirando todos os brinquedos da caixa. E aquilo vai consumindo o pouco de sanidade mental q lhe resta.
E qdo a foto enfim carrega no celular, vc já ta querendo sumir do mapa!

Vc não dorme bem, não come bem, coloca qlq roupa mulamba e velha, vc tem q ser mulher, a mãe , a profissional, a esposa, a dona de casa perfeita. Se vc falhar em alguma parte dessa, vc ta na roça!

Alguém, de alguma forma, vai te cobrar.

Te cobrar desempenho, atenção, amor, comprometimento.
E vc se vê no meio de um tiroteio, sem saber como e pra onde correr.

Sentar e chorar seria uma decisão inteligente, desopilaria e acalmaria, mas daí o filho cai da cama e vc tem q socorrer. O outro está no banheiro e te chama pra limpar, o telefone toca, o whatsapp apita, chega email e vc tem q correr pra colocar o lixo na rua pq o lixeiro está passando.

Vc se quer conseguiu sentar. Imagina chorar?
Não da tempo, e a gente passa o sentimento, repassa a mágoa e paga a angústia. E o q sobra? Um coração ocupado, cheio de tralha e o resultado disso é a impaciência com quem não merece, o grito gratuito, o apertão no braço e uma mãe/mulher/profissional/dona de casa nem um pouco realizada.

 

Prazer. Thania

 

 

13 Comentários

  1. Ana says:

    Este sentimento de loucura, quando a gente descarrega as “frustrações’ nos filhos em um berro, grito, bronca, as vezes sem sentido e nos faz nos sentirmos as piores pessoas do mundo…

    Estando em casa, trabalhando fora…..isso tb acontece com todas.

    Eu tenho dois filhos, ficam na escola desde os 8 meses em período integral…..em um dia como hoje….frio de 8 graus em Curitiba, tira-los as 7:15 da manha me tira um pouco do ar natural que eu respiro….
    Muitas e muitas vezes tive que levantar a voz logo cedo pra brigar por alguma coisa….e sai chorando de casa….chorei no carro por ser uma mae sem paciência, péssima mae…chegando no trabalho arrasada e sem vontade de nada.

    Sim…muitas mães postam maravilhosas fotos com seus filhos em momentos de alegria, amor,~etc….mas concordo contigo…..só o tempo que levamos para postar a foto, o ambiente se arruína e já estão os dois se matando por causa de algum brinquedo ou simplesmente pq o pequeno gosta de arrilhar a mais velha…alias…..já vou avisando…..menino filho mais novo, adora arrilhar a irma mais velha…pelo menos o meu, adora!!!

    Mas é isso…..com vontade de chorar, de rir, de bater, de socar, de estapiar…mas tb de abraçar, beijar, sentir o cheirinho, dormir abracadinho ou ate mesmo so ficar ninando o sono…..
    somos mães na realizada, no sentido real da coisa….e nisso temos que nos orgulhar…em sermos tantas em uma só!!!

    Abraço

  2. viviane says:

    Nossa tudo que vc relatou é a mais pura verdade. Temos que ser mil em uma só é ainda por cima sorrindo feliz e contente. Tânia querida você não está sozinha. Estamos juntos. Beijos no coração

  3. Fabia Martins says:

    PUTA QUE PARIU MIL VEZES!
    Me desculpem o palavrão, mas Thania, cada vez q leio um relato seu, eu penso q vc (como uma alma penada), adentrou meu corpo e estás a psicografia minha vida, meus sentimentos, meu dia a dia!
    Li, chorei, ri, xinguei alto, respirei e cara, só posso te dizer q vc é a melhor!!! vc traduz tudo o q sentimos e infelizmente não temos o mesmo dom q vc de escrever! Obrigada! obrigada! obrigada! Da sua eterna admiradora, Fabia Martins

  4. Fabia Martins says:

    PUTA QUE PARIU MIL VEZES!
    Me desculpem o palavrão, mas Thania, cada vez q leio um relato seu, eu penso q vc (como uma alma penada), adentrou meu corpo e estás a psicografar minha vida, meus sentimentos, meu dia a dia!
    Li, chorei, ri, xinguei alto, respirei e cara, só posso te dizer q vc é a melhor!!! vc traduz tudo o q sentimos e infelizmente não temos o mesmo dom q vc de escrever! Obrigada! obrigada! obrigada! Da sua eterna admiradora, Fabia Martins

  5. Roberta Muller says:

    E ai, oq vc faz pra se sentir menos incompetente???? To me sentindo totalmente assim!
    Chego a me sentir culpada por estar infeliz! Mas não consigo achar a saída pra felicidade

    • Thania Strina says:

      Dificil ne Roberta!
      Eu me sinto pessima em quase todos os momentos e pior, me sinto culpada!
      Afff!
      Mas vai melhorar pra todas nós!
      <3

  6. Ana paula says:

    Você nem me conhece, mas me descreveu rsrs chega ser irônico, se não fosse trágico! As vezes perdida no tsunami eu penso … vai passar, tem que passar … muitas vezes não passa, mas o amor nos faz seguir… É um caminho sem volta!

  7. renata zanoteli says:

    me vi no seu post…mas tb tem um mantra que uso na minha vida: “a gente só pode ficar cansada quando tem tempo de descansar”!!! rs! bora fazer o que tem que ser feito.
    Outra coisa que percebo: com o cansaço fisico não dá para brigar, tomar decisões e refletir na vida…tudo será insuportável! então nestas horas dou um jeito de descansar, seja pedindo ajuda para dormir 01 horinha a mais, tomar um banho e descansar. Corpo são mente sã!
    Força ai! não desista!

  8. Anne Melo says:

    Parabéns pela capacidade de assumir suas fraquezas suas falhas, isso a faz essa pessoa tão especial, com tanto para nos ensinar… Me identifiquei com cada virgula colocada nesse texto. Você e D+. Sou fãzona 001.

Deixe uma resposta