Mais um blog falso na blogosfera!

Fiquei BEGE qdo soube disso pelo Facebook! (e pela Van via nextel…rs)
Infelizmente (ou felizmente) a pessoa em questão já tirou o blog do ar.
Mas, mais uma vez inventaram um perfil, roubaram fotos alheias e criaram uma second life em cima da vida dos outros.

A história é mais ou menos assim:
A moça era babá de duas crianças fofas. Ela contou TODA a gestação da patroa como sendo dela.
Os filhos como sendo dela.
As viagens pheenas como sendo dela.
Usou fotos das crianças, da casa, do marido alheio, como sendo tudo dela! (Freud explica?)
Comentou por aqui algumas 4 vezes e eu, inocente, comentei no “blog dela” outras poucas vezes.
Eu não era seguidora e nem tinha o blog em questão aqui no meu blogroll!
Mas entrei algumas vezes!
Me senti tola sabia?
Sei lá, eu sei q ng sabia q aquilo td era meio fake (meio né, pq na vdd a criançada existia, o marido e a casa existiam mas ñ eram DELA), mas é estranho!


Daí a desenrolar da história foi parar no facebook e ficamos horas a fio falando besteiras por lá o q nos rendeu risadas, maaaas, a coisa toda é séria né meupovo!
É roubo, mais q isso, roubo da vida alheia, das fotos do filho alheio!


Eu mataria um q roubasse indevidamente (redundante modeon) as fotos da Anna Laura e as minhas e criasse uma vida paralela com td isso!
É nojento!
Aconteceu com a Bianca do Theo e me deixou boquiaberta e agora, denovo!
Me parece q aconteceu com a Nana mãe da Olivia tb, pelo Orkut! 
Enfim né!
Vamos tomar um tiquim mais de cuidado com as fotos de nossos filhos por aí pq o negócio é sério!


Bjos reais!!!! rsrsrs

13 Comentários

  1. Val says:

    Menina, eu meio que fiquei sabendo da historia e fiquei passada! Eu não sei que blog era, mas como descobriram que era falso? Absurdo essas coisas…

    beijos!

  2. Julia says:

    Sabe Than, quando fico sabendo dessas coisas no fundo eu sinto é pena da pessoa que fez isso, que coisa mais vazia tentar viver a vida de alguém.

    Meu blog é aberto, então eu corro o risco disso acontecer, afinal, quem tá na chuva é pra se molhar, ms não sei qual seria minha reação.

    A pessoa pode roubar foto, copiar momentos, mas a vida é minha e a felicidade resultante de tudo isso é minha também.

    Vazio isso neh?

    Eufico boba quando vejo, mas não pela capacidade de pegar fotos, mas pela capacidade de querer viver a vida do outro.

    Que blog era e como ficou sabendo?

  3. Cláudia Leite says:

    Nossa, como pode alguém querer viver a vida de outro assim na maior cara de pau? A net é aberta e qualquer um poderia descobrir, será que essa pessoa não teve medo disso?
    Pior é que já aconteceu mais de uma vez, todas estamos sujeitas à isso…

    É bom comentar isso no blog, pis serve de alerta.

    bjo

  4. Ana Paula says:

    Uma das coisas que tenho receio é isto, de pessoas se apropriarem da minha história de vida. É um risco que se corre quando o blog é aberto, né…

    Por isso que evito postar fotos… Mas já encontrei parte de um texto meu em outro blog… Muito chato.

    Acho que vc se muniu contra plágios e roubos ao tornar seu bog privado.

    Sobre a música “Sou dela”, eu tb nunca tinha pensado nela com este sentido. Daí que ontem, dirigindo e antes de ir ao GO, coloquei o CD do Nando Reis e veio um clic, e pensei: “Se hoje confirmar que meu baby é menina vou homenagea-la com esta música”
    E deu certo!

    “Sou dela, sem ela não sou!!” Fofis, né?!

    Bjs!!!

  5. Rebeca says:

    Nossa, eu tb estou boiando total…
    O caso da Bianca eu fiquei sabendo. Uó, eu acho essa gente que faz isso muito doente. Não consigo ver explicação pra quem se apropria da vida alheia. O mundo anda muito louco.

    Beijos

Deixe uma resposta