Ser mãe e profissional, em casa! Como?

Ser mãe e profissional, em casa! Como?

Ser mãe e profissional, em casa! Como?

Ser mãe e profissional, em casa! Como?

Ha 5 anos, larguei minha vida profissional pra ser mãe!
E claro, como tudo q a gente planeja na mente, a gente só sabe se vai dar certo, na prática.
Ser mãe em tempo integral não é aquela pracinha que todo mundo vislumbra.
Pq ng (pelo menos não é a minha realidade) é “só” mãe em tempo integral.
A gente é mãe, cozinheira, lavadeira, arrumadeira, médica, faxineira, motorista e por aí vai.
A gente simplesmente acumula funções.
E todo aquele pseudo glamur, nem sempre é real.
Pq a gente pode correr a maratona de Nova Iorque, mas nada cansa mais do q um dia todo nesse nossa maratona.
Não é fácil.
Mas existe o lado B.
Largar tudo pra ver de camarote as conquistas e evolução do filho, é de fato, um grande privilégio!
Ver o primeiro sorriso banguela, dar a primeira papinha, vê-lo engatinhar pela casa, vê-lo dar os primeiros passinhos, isso compensa.

Mas essa fase toda cheia de encantos passa.
O filho cresce um pouco e precisamos retomar a nossa vida.
De uma forma ou de outra a gente sente aquela vontade latente de voltar a trabalhar, ganhar um trocado, fazer alguma coisa da vida.
Muitas colocam o filho na escola e partem de novo pro mercado de trabalho!
Embora seja cansativo, muitas dizem q o horário do expediente é quase uma mini-férias.
É realmente realizador ter nosso momento.
Colocar uma roupa mais arrumada, passar um batom e um rímel, almoçar com outras pessoas e mais, sentada! Isso realmente é quase um spa!
Mas tudo isso tem seu preço!
Mães que trabalham fora tem meu respeito!
Pq a jornada é dupla. As vezes tripla. Na vdd, é uma jornada sem fim!
Umas conseguem se organizar e conseguem terceirizar alguns afazeres domésticos.
Mas nem todas tem esse privilégio. Então, trabalha-se uma carga horária alta, e qdo se chega em casa ainda tem q pensar em 1000 coisas!
A casa ta bagunçada, as vezes suja, a roupa espera pra ser lavada ou guardada, o filho, que ficou na escola o dia todo, precisa de atenção, precisa de ajuda com o dever, precisa tomar banho.
O marido precisa da esposa, quer ficar assistindo um filme como nos tempos de namoro.
O cachorro ou o gato pede carinho.
E a mulher, no fim do segundo tempo, está na lona!
Mas todo dia, se levanta e vai a luta!

Já outras mulheres, qdo veem a necessidade de retomar a vida, querem abrir o próprio negócio.
Muitas preferem trabalhar por conta!
Tb tem meu respeito. Aliás, é nesse time em q me encaixo.
E trabalhar em casa, no conhecido “home office”, não é das tarefas mais fáceis.
Mesmo q vc terceirize algumas coisas tb (pq tb não somos mulheres maravilhas! Não temos mesmo como trabalhar em casa, cuidar dos filhos, da casa, do marido, do mundo! Alguma coisa aí nessa história VAI ter q ser terceirizada colega!),
vc ainda é a dona da casa E a mulher de negócios.
E demora-se MUITO pra aprender a lidar com isso!
Demora-se MUITO pra se adaptar!
Pq se é difícil sair cedo de casa e ir trabalhar, lhes garanto, tb é MUITO difícil trabalhar em casa!
Pq veja bem, a concorrência SOFÁ X COMPUTADOR é desumana!
Mas o foco é forte e não podemos perdê-lo jamais!

Aqui eu tentei voltar a trabalhar fora.
Em um mês, faltei 3 vezes. Duas com a Anna doente (só tinha ela na época) e outra pq ela não teve aula.
Em ambas as vezes ñ tinha com quem deixá-la. Tive que faltar!
E que patrão gosta disso? Nenhum!
Não fui mandada embora, mas pq acho q eu me antecipei e pedi demissão!
Pq nessa pegada, não ia mesmo dar certo!

Daí comecei a trabalhar em casa.
No começo, aaaaaaaaah no começo não deu certo tb!
Eu não conseguia!
Via a louça na pia, ia lavar!
Via a casa suja, ia limpar!
As crianças estavam em casa, eu não conseguia trabalhar!
Nos dias frios, eu preferia o sofá e a pipoca.
Na vdd, demorei a levar a sério!
Na vdd mesmo, demorei a entender que, trabalhar em casa, requer disciplina e SIM…terceirização da mesma forma!
Preciso terceirizar a casa de vez em qdo pra faxineira.
Tive que mandar o Bernardo, mesmo tão pequeno ainda, pra escola!
Tive q começar a pensar com a cabeça de quem trabalha fora. Da mesma forma. Pra conseguir fazer do meu jeito e fazer certo!

Claro q ainda nem sempre é fácil.
Embora o bom de se trabalhar em casa é ter horários mais flexíveis, as vezes, não podemos nos dar o luxo de termos horário!
Como estamos em casa, temos q trabalhar como e qdo dá!

As vezes, mesmo com os filhos em casa, a gente tem nossos compromissos. Temos q adaptar!
A gente coloca um DVD, espalha uns brinquedos pela casa, faz um macarrão com molho rápido pro almoço, trabalha com o filho no colo, mas temos q dar nossos pulos!

Não tem jeito!
Faz parte das escolhas q fazemos na vida!

Aqui por enquanto essa escolha está dando certo. Alguns percalços no caminho, mas acho q hj, sair pra trabalhar, pra mim, seria uma utopia!

Tive q abrir mão de um monte de coisa, mas estamos tentando!
Cada dia aprendo um truque pra trabalhar mais, ou melhor, ou descubro um horário melhor pra fazer as coisas e vamos embora!

E vcs?
Como fazem?
Saem pra trabalhar? Trabalham em casa? (com renda)
Preferem apenas cuidar dos filhos e da casa?

Beijos!

2 Comentários

  1. Vanessa Maracia says:

    Thania querida como VC faz pra trabalhar em casa? Trabalha do que??? Preciso trabalhar, preciso ganhar meu dinheiro novamente, mas com filho de 3 anos não dá pra trabalhar fora!!! Me dê uma luz….bjo!

    • Thania Strina says:

      Vanessa, eu trabalho com o blog! Ainda engatinhando, mas consigo tirar um lucro com publiposts!
      Mas antes eu fazia freela de cadastro em site, revisando textos, essas coisas q não ganha muito, mas vc pode tirar alguma coisa!
      Tente procurar no google empresas que terceirizam essas coisas!!!!

      Beijos e boa sorte!

Deixe uma resposta